Twitter Youtube
Boletim Eletrônico
nome
email
Enviar Notícia para um amigo
Imprimir

Notícias

26/08/2014 21:19

ADs tensionam governo por orçamento e quadro de vagas


foto: Após pressão do Fórum das ADs governo afirma que trará resposta dia 8 de setembro

 O Fórum das ADS e o ANDES-SN fizeram reunião com o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado José Neto, nesta segunda-feira, 25.08. A atividade foi uma exigência das Associações Docentes das Universidades Estaduais da Bahia (Ueba) após novas notícias que, se confirmadas, provocarão crise financeira ainda maior às instituições públicas de ensino superior baianas. A reunião também contou com a participação de representantes das secretarias da Administração (Saeb) e Educação (SEC).

Dados adquiridos com o próprio governo mostram que a estimativa de cota orçamentária para o próximo ano será novamente menor do que a do ano em exercício. Para 2015, o corte no orçamento das Ueba, em custeio e investimento, será inferior a este ano em cerca de R$ 7,2 milhões. Se a projeção se confirmar as estaduais baianas, entre 2013 e 2105, sofrerão redução orçamentária nas rubricas citadas na ordem de R$ 18 milhões. 
 
Para agravar ainda mais o problema, em 14,08, o governo informou que a suplementação de verba prometida para este segundo semestre será drasticamente reduzida. Dos quase R$ 3 milhões que a Uneb receberia, apenas R$ 1,8 milhão ainda está previsto. Ainda assim, com atraso, visto que essa parcela havia sido prometida para o mês passado.
 
Para o diretoria da ADUNEB, outra questão derivada do orçamento e que agrava a crise nas Ueba é o déficit no quadro de vagas docente. Sem recursos para a ampliação do quadro as promoções, sobretudo, para assistentes estão travadas pela ausência de vagas. Existem professores na fila de espera desde 2012. Na Uneb o travamento também atinge aproximadamente 60 docentes que aguardam a alteração de regime de trabalho. 
 
Tensionamento
 
Firmes na crítica contra o descaso do governo Jaques Wagner com a educação pública superior, durante a reunião os professores mostraram que tentam esgotar o diálogo, mas, se necessário, estão dispostos ao enfrentamento. A falta de docentes leva à sobrecarga de função e precarização do trabalho docente. A ausência de recursos financeiros impacta no sucateamento da universidade, o que prejudica diretamente ensino, pesquisa e extensão. 
 
Diante das críticas e pressionado pelas ADs, o líder do governo afirmou considerar justa as reivindicações dos professores. Depois de costumeiras desculpas disse que tem se empenhado na tentativa de solucionar ao menos os problemas emergenciais do déficit do quadro de vaga. Cobrado por um posicionamento efetivo às demandas da comunidade acadêmica, José Neto declarou que trará respostas na nova reunião, agendada para 8 de setembro, na Alba.
 
Acordo descumprido
 
Segundo a diretoria do sindicato, o descumprimento de acordos e promessas tem se tornado hábito no governo estadual. Antes de prometer a suplementação de verba e não cumprir, os representantes de Jaques Wagner negaram o PL de Desvinculação de Vagas. O acordo firmado, depois de seis meses de discussão, e tido como certo por ADs, Fórum dos Reitores e SEC, teve o processo barrado pela Saeb. A desvinculação, embora não resolvesse o déficit no quadro de vagas, seria uma possibilidade viável de minimizar o problema. 
 
Conhecido por sua história de luta e disposição em defesa da categoria docente e da educação pública de qualidade, o MD está unido e alerta aos desmandos do governo. Os professores informam que uma nova agenda de mobilizações começa ser colocada em prática. Paralisações e outras ações são construídas. A assembleia geral docente da ADUNEB, em julho, já aprovou o indicativo de greve. A radicalização e a luta por meio do movimento paredista não estão descartadas.
 


Fonte: ADUNEB

voltar

Outras Notícias

TV ADUNEB

outros vídeos

Enquete

Logo publicaremos nova enquete. Aguarde!




by Jourdan DesignAssociação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia
Estrada das Barreiras s/n - Uneb - Cabula - CEP: 41150-350
Salvador - Bahia. Tele/fax: (71) 3257-9333 / 5803. Email: aduneb@atarde.com.br